ptenfrdeitrues

Tomou posse o 43º Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima

Tomou posse o 43º Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, no passado dia 24 de Setembro.

Fernando Lima de Valadas Fernandes, 1951, é Advogado e Gestor.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, é pós-graduado em Direito Europeu, em Contabilidade e Finanças pelo Instituto Superior de Gestão de Lisboa, fez os cursos de Managing Corporate Legal Affairs e Negociação e Técnicas de Mediação no Management Centre Europe de Bruxelas e a pós-graduação em Direito Público na Universidade Católica Portuguesa.

 

Tomou posse o 43º Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, no passado dia 24 de Setembro.

Fernando Lima de Valadas Fernandes, 1951, é Advogado e Gestor.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, é pós-graduado em Direito Europeu, em Contabilidade e Finanças pelo Instituto Superior de Gestão de Lisboa, fez os cursos de Managing Corporate Legal Affairs e Negociação e Técnicas de Mediação no Management Centre Europe de Bruxelas e a pós-graduação em Direito Público na Universidade Católica Portuguesa.

 

Actividade Profissional
Fernando Lima é Membro do Conselho Consultivo da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa, Presidente do Conselho de Administração da Galilei, Presidente do Conselho Administração da Construtora Abrantina e Presidente Executivo da Abrantina – SGPS-SA.

 

 

Desde 1986 desenvolve actividade na abertura de mercados e direcção estratégica de empresas e sucursais de empresas em Angola, Moçambique, Cabo Verde, Brasil, Venezuela, Grã-Bretanha, Argélia, Marrocos, Malásia, Tailândia e Singapura.

Entre 1994 e 2000 foi Presidente do Conselho de Administração da Engil, SGPS, de 1990 a 1999 Administrador da SGAL – Sociedade Gestora do Alto do Lumiar, Presidente da Direcção da ANEOP – Associação Nacional de Empreiteiros de Obras Públicas, Vice-Presidente da GERCO – Sociedade de Engenharia Electrónica, Administrador da GERIL – AMEC (Manchester/Londres), Administrador da ENGIL – Sociedade de Construção Civil, SA e entre 1975 e 1986, foi Director do Contencioso do Grupo ENGIL.

Foi, também, professor de História Contemporânea no Ensino Secundário e membro de várias associações profissionais.


Publicações
Responsabilidade dos Diversos Intervenientes no Acto de Construir, Revista de Engenharia, 1990. Advogado de Empresa, Revista da Ordem dos Advogados, 1986; Editor de livros sobre Maçonaria.

 

O Maçom
Iniciado na Respeitável Loja Universalis do Grande Oriente Lusitano – Maçonaria Portuguesa, desempenhou vários cargos em Loja, incluindo o de Venerável Mestre, Orador, no GOL foi Grande Secretário do Conselho Ordem, Grande Intendente do Património e Venerável Mestre da Respeitável Loja Hiram 65 (de Homenagem a Salvador Allende) e da Comissão Paritária da Obediência ou Altos Graus ligados por Tratados de Amizade.

 

Organizações Para-Maçónicas
É membro efectivo da Direcção da Sociedade Promotora de Escolas, membro efectivo da Direcção do Internato de São João, membro do Conselho Directivo do Grémio Lusitano e seu Presidente desde 2008.